Sobre a microVivos

Na microVivos cultivamos microverdes ou microgreens de forma orgânica. Nossas sementes são fornecidas pela ISLA sem defensivos químicos.
Os nossos sistemas garantem os níveis de umidade e clima ideais para cultivar. Priorizamos a utilização de luz solar em nossos cultivos, disponibilizando o máximo de energia natural para que as plantinhas cresçam saudáveis e saborosas.

Fotos

Veja como esses pequenos são fotogênicos.  😀

Galeria 01

Galeria 02

História

Se você ainda não ouviu falar sobre os microgreens é  porque eles não existem há tanto tempo.  Os microgreens começaram a aparecer no cardápio dos chefs nos anos 80, em San Francisco, Califórnia. Em seguida, na década de 1990, que os microgreens tornaram-se mais populares, com o primeiro uso documentado da palavra “microgreen” em 1998. Assim, os microgreens agora são cultivados em todo EUA e em vários outros países. 
 
Com os microgreens ganhando popularidade no mundo dos alimentos,  a partir de 2010, eles começaram  a aparecer nas mercearias para que os entusiastas de alimentos pudessem apreciá-los em casa. Mais adiante, em 2012, pesquisadores do USDA Agriculture Research Service finalmente conduziram pesquisas sobre a composição nutricional e a vida útil dos microgreens, testando as 25 culturas mais comuns disponíveis. Como resultado, foi esta pesquisa que ganhou a atenção da National Public Radio e do Huffington Post, além de outros meios de comunicação.

O alto valor nutricional descoberto nos microgreens começou a chamar a atenção de todos, não apenas como uma adição saborosa e visual a um prato, mas também como um poderoso suplemento

Mas o que são microverdes?

Microgreens são versões menores e já desenvolvidas de hortaliças, ervas e legumes.

Eles possuem um ciclo de cultivo mais curto. Devido ao fato que da semente à colheita, os microgreens levam de 10 a 12 dias em média, podendo variar um pouco dependendo do tipo e tamanho da cultura.

Têm um sabor intenso e concentrado teor de nutrientes. Possuem uma variedade de cores e texturas. Devido à qualidade nutritiva, o também chamado superalimento, vem sendo considerado por muito nutricionistas como o alimento do futuro.

Mas preste atenção. Eles não devem ser confundidos com brotos, que não têm folhas.

Variedade de microverdes​

Microgreens podem ser cultivados a partir de muitos tipos diferentes de sementes. As variedades mais populares são: Couve-flor, brócolis, repolho, agrião, rabanete, rúcula, alface, chicória, cenoura, erva-doce, alho, cebola, alho-poró, amaranto, acelga, quinoa, beterraba, espinafre, melão, pepino e abóbora.

Cereais como arroz, aveia, trigo, milho e cevada, bem como leguminosas como grão de bico, feijão e lentilhas, também são cultivados em microgreens.

Microgreens variam em gosto, de neutro a picante, levemente azedo ou até amargo, dependendo da variedade. De um modo geral, seu sabor é considerado forte e concentrado.

Benefícios dos microverdes

De acordo com pesquisas recentes foi comprovado que o valor nutricional dos vegetais na fase jovem é significativamente maior se comparado com os vegetais na fase adulta. Isso ocorre por eles conterem concentrações maiores de bioativos, como vitaminas, minerais e antioxidantes.

O consumo diário desses elementos é crucial para a promoção e manutenção da nossa saúde. Estudos realizados com microverdes de aipo, repolho roxo, manjericão e rúcula, por exemplo, apontaram concentrações de nutrientes até 40 vezes maiores que os mesmos vegetais na sua fase adulta. Do mesmo modo, os microverdes de coentro são três vezes mais ricos em betacarotenos do que o tempero na sua fase adulta.

Além de tudo isso os microverdes, por seu tamanho reduzido e cores variadas, ainda são extremamente atrativos e despertam a curiosidade e simpatia das crianças. Dessa forma estimulam o consumo de hortaliças.

ainda mais

Benefícios

Eles nunca param de surpreender

Alto valor nutricional

Contêm desde 4 a 40x mais nutrientes, vitaminas, enzimas e minerais do que o vegetal equivalente produzido até à maturidade.

(ESTUDO – NCBI)

Rico em polifenóis

Maior quantidade e variedade de substâncias antioxidantes que desempenham um papel chave na prevenção de doenças cardiovasculares, atividade anti-inflamatória, cancro, alzheimer, obesidade e diabetes.

(ESTUDO – NCBI)

Rico em polifenóis

Maior quantidade e variedade de substâncias antioxidantes que desempenham um papel chave na prevenção de doenças cardiovasculares, atividade anti-inflamatória, cancro, alzheimer, obesidade e diabetes.

(ESTUDO – NCBI)

Reduz fatores de risco

Estudos mostraram que os microvegetais ajudam a reduzir fatores como o aumento de peso (redução de 17%), o nível de colesterol LDL (redução de 34%) e triglicéridos (redução de 23%).

(ESTUDO – FASEB)

vamos nos conhecer

Entre em contato

Blog

Aqui postaremos algumas novidades da produção e do que andamos inventando.
INSCREVA-SE
SAIBA
ANTES
Estamos em fase de lançamento. Inscreva-se e assim que tivermos novidades você vai ficar sabendo
INSCREVER-SE
Prometemos que não vamos encher sua caixa com mensagens desagradáveis. ;)
close-link